Como lidar com os elogios

Tempo de leitura: 2 minutos

Como lidar com os elogiosNuma sociedade onde as pessoas possuem valores e personalidades distintas, por vários momentos em nossas vidas, nossas atitudes e comportamentos serão sempre julgados. No entanto, quando recebemos um elogio, por muitas vezes não sabemos como lidar ou não encontramos as palavras certas para agradecer. Mas os elogios são o reconhecimento de nossos esforços e nossa garra, então por que não saber desfrutar melhor de todas as coisas positivas que eles podem nos trazer?

Não se acomode, busque sempre progredir!

Algumas pessoas têm a mania de se acomodar com os elogios. Após um trabalho bem executado, ou uma postura bem sucedida diante de algumas situações, é comum sermos elogiados pelo nosso desempenho. Porém, em alguns casos, esses elogios podem nos dar segurança e autoconfiança demais, fazendo com que aos poucos, fiquemos na nossa zona de conforto, sem a sede de querer ir sempre além. Elogios servem para mostrar que você está no caminho certo, e o caminho certo, é sempre seguir em frente, buscando sempre o seu progresso!

Agradeça sempre!

Não tenha vergonha e nem se sinta constrangido quando receber um elogio. Se você recebeu, é porque mereceu. Isso é um fato, por isso deixe um pouco a modéstia de lado. Frases do tipo “não fiz nada a mais do que meu trabalho”, podem soar como algo irônico ou “forçado”. Caso tenha sido elogiado na empresa, agradeça dizendo que está muito contente em ter contribuído com os bons resultados, se for na vida pessoal ou em outras ocasiões, diga que está feliz por ter agradado.  Se suas atitudes fazem sentido para você e condizem com quem você é, não há porque você ficar sem graça ao ser elogiado.

Mantenha a humildade

Não deixe que os elogios subam a sua cabeça. Quando somos sempre elogiados por aquilo que fazemos, acabamos inflando o nosso ego e por isso corremos o risco de nos achar donos de verdades absolutas. Saiba sempre ouvir, por melhor que você seja naquilo que faz. Humildade faz bem para todos nós. Ela fortalece a nossa essência, enriquece a nossa alma e nos protege de nos perdermos em princípios e valores superficiais.  Lembre-se: colhemos tudo aquilo que plantamos. Se você plantar coisas boas, coisas boas virão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *