Entenda como funciona o método de leitura dinâmica

Entenda como funciona o método de leitura dinâmica

Ter uma leitura rápida com uma grande absorção de conteúdos sempre foi um desejo comum na sociedade; e as pessoas que conseguem ler uma quantidade maior de coisas num período menor de tempo geralmente recebem a admiração dos demais indivíduos. Dentro desse contexto é que surgiram as técnicas de leitura dinâmica, por volta de 1950: tratam-se de um conjunto de técnicas e habilidades que fazem com que os indivíduos acelerem o ritmo de leitura, reduzam o espaço entre as palavras e consigam assim ler mais palavras em um período de tempo consideravelmente menor.

Polêmica entre os estudiosos de linguagem, as técnicas de leitura dinâmica podem ser extremamente variadas, também podendo se adaptar aos usuários e seus objetivos finais para com o aprendizado. Segundo alguns dados, enquanto uma leitura tradicional leva a passar os olhos por cerca de 200 a 400 palavras por minuto, um leitor dinâmico consegue ler uma quantidade que gira em torno de 1000 a 1700 palavras durante o mesmo período de tempo. A estimativa é de que os leitores tradicionais conseguem ter um aproveitamento de aproximadamente 60% do que leram, enquanto os leitores dinâmicos aproveitam 80% do total.

Como funciona a leitura dinâmica?

A leitura dinâmica pode ser alcançada através de diversas técnicas e métodos; mas, antes de tentar entendê-la, é interessante paramos um pouco para observar o funcionamento da leitura tradicional, feita pela grande maioria das pessoas. O processo funciona da seguinte maneira: primeiro o leitor entra no que os estudiosos chamam de “fixação”, que é o ato de olhar para uma palavra ou para várias antes mesmo de tentar compreendê-la; depois, o processo de transitar com o olho para a identificação da próxima palavra ou conjunto de palavras na etapa denominada de “sacada”.

Os dois processos, da “fixação” e da “sacada”, são repetidos uma ou duas vezes até levar o leitor normal a entender o que aquelas palavras significam e assim finalizar aquela frase, oração ou parágrafo. Segundo estudos realizados por especialistas, o processo de ‘“fixação” leva cerca de 0,25 segundo, o de “sacada” dura 0,1 segundo e o conjunto revisão e compreensão dura em média um valor entre 0,3 e 0,5 segundo. As leituras tradicionais, segundo apontado pelas pesquisas, estão presentes na vida de 95% dos estudantes universitários brasileiros, que possuem uma leitura média de 200 a 400 palavras por minuto.

A grande diferença da leitura dinâmica é reduzir o tempo de “fixação” em cada uma das palavras através da eliminação de algumas manias naturais da leitura, como a subvocalização (um processo de repetição das palavras na cabeça enquanto estas estão sendo lidas), a implantação da leitura em blocos (eliminação do espaço em branco entre as palavras) e do incentivo ao entendimento através de contextos de ideias, tirando assim o foco exclusivo das palavras em si e de seus significados restritos.

Além disso, os leitores dinâmicos utilizam-se de um processo denominado “skimming”, que consiste em correr o olho sobre as frases na busca de palavras-chave que auxiliem na compreensão e absorção do conteúdo do texto. Esse processo, no entanto, não é exclusivo dos leitores dinâmicos: trata-se de uma prática extremamente comum entre os leitores de modo geral. Afinal de contas, quem nunca correu os olhos no texto à procura de palavras que resumissem um pouco de seu conteúdo integral, para só então decidir se o texto realmente vale a pena ser lido? O skimming é uma técnica que precisa ser usada com cautela e cuidado, pois se utilizado com uma frequência muito alta e de modo inadequado, pode prejudicar a compreensão do texto e o próprio aproveitamento da leitura.

Outra técnica bastante importante para facilitar e agilizar a leitura é auxiliar o passar de olhos pela folha com alguns instrumento que guie melhor cada palavra – como os dedos, uma caneta ou um marca página. Esse mecanismo auxilia numa leitura mais rápida e focada, e ajuda a eliminar possíveis distrações no processo.

A leitura dinâmica é um processo antigo, mas que ainda hoje ganha adeptos dia após dia em diversos países e localidades do mundo. E você, vai começar quando?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *