Técnicas de apresentação em público: Dicas para discursos de formatura

Técnicas de apresentação em público: Dicas para discursos de formatura

Ser o escolhido para o orador da turma na formatura do colégio ou graduação é uma grande honra. Significa, principalmente, que o restante dos colegas confiam em sua palavra e acreditam no seu potencial para fazer um discurso bonito. Afinal, o orador da formatura carrega as aspirações e sentimentos dos demais formandos ali presentes.

É comum o nervosismo prévio em discursos de formatura, pois a pressão de fazer com que cada detalhe seja perfeito é grande. No entanto, existem algumas formas para que a pessoa sinta-se mais confortável ao discursar diante de tantas pessoas importantes – família, amigos, professores e diretores que acompanharam grande parte da sua vida acadêmica. Confira:

Duração

Um discurso com longa duração pode entediar os convidados, sendo assim o melhor a se fazer é não estender os assuntos apresentados, colocando somente o mais importante no papel, como os principais momentos do tempo de aprendizado, as expectativas e, claro, o agradecimento aos convidados ali presentes: pais, convidados e professores.

Nada de discursos com 30 minutos ou mais – essas ficaram para trás, e saíram de moda no século passado. Os discursos de 5 a 7 minutos são os mais bem vistos atualmente nesse tipo de situação.

Como apresentar

O discurso deve ser lido, porém com muito sentimento em sua voz. Em contraponto a muitas opiniões, os discursos lidos têm maior chance de serem bem sucedidos, alcançando todos os pontos desejados sem engasgos, esquecimentos e outras frustrações.

Aqueles profissionais já especializados em executar discursos perfeitos sem precisar ler têm em seu currículo cursos de oratória e cursos de memorização, por isso conseguem levar todas as palavras ao pé da letra – o que é uma ótima opção para quem quer fazer bonito no discurso de formatura.

No discurso lido são bem-vindas algumas brincadeiras, mencionando situações que marcaram os anos de estudos, mas nada que desrespeite algum colega, professor ou qualquer outra pessoa. Escolha brincadeiras sutis e tenha cuidado para não cair na vulgaridade.

Estilo

O texto deve ser objetivo e claro, contendo aspectos descontraídos para não entediar nenhum convidado. Um discurso alegre e otimista tem maiores chances de tornar-se memorável. Sendo assim, leve a empolgação e expectativas positivas dos seus colegas de classe em conta para fazer o discurso perfeito.

Conteúdo

O conteúdo é tudo, e informações importantes não podem ser esquecidas. Por isso, separamos alguns tópicos com o conteúdo principal para o orador de formatura.

  • Cumprimento aos pais, convidados e professores;
  • Agradecimento a essas pessoas pela presença e por contribuírem com o seu triunfo e o dos seus colegas;
  • Expectativas na nova fase da vida;
  • Amizades e principais momentos da vida acadêmica;
  • Aplicação do aprendido até o momento no mercado de trabalho;
  • Brincadeiras leves, para deixar o discurso mais solto e interativo;
  • Frase/reflexão final emocionante, para comover e tornar seu discurso memorável.

Pratique antes e tenha calma ao discursar

Praticar seu discurso previamente é essencial. Ler e reler o texto algumas vezes faz com que você desenvolva propriedade para discursar sobre o assunto. Assim, você pode calcular o tempo da maneira que achar melhor – até mesmo encaixando o que talvez você tenha esquecido, ou tirando algo desnecessário.

Ter calma é a chave. Você treinou e dispôs os principais tópicos de um orador, ou seja, sabe o que está fazendo. Faça pausas para respirar fundo, isso fará com que você fique mais calmo para continuar seu texto e terminá-lo com sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *