Como derrubar muros e construir pontes

Tempo de leitura: 3 minutos

pontesCada um de nós possui dentro de si uma força surpreendente e uma coragem capaz de fazer enfrentar com persistência e dignidade os obstáculos que encontramos pela frente.  No entanto, muitas vezes, não acreditamos em nós mesmos, e essa insegurança faz com que nossa confiança vá se escondendo aos poucos,  ficando esquecida em algum canto e, por isso, acabamos duvidando de nossa capacidade de realizar os nossos sonhos e encarar nossos medos – o que é uma conclusão completamente equivocada. A força nós temos, a garra pode vir de onde menos esperamos… e são os nossos sonhos que alimentam tudo isso, pois são por eles que precisamos lutar. Mas, para isso, temos que aprender a derrubar muros e construir pontes.

Desmistifique seus obstáculos e tente quebrar suas próprias barreiras

Você sabe quais são as suas reais limitações? Faça uma reflexão e veja se a dimensão que você dá a cada uma delas é realmente a que ela merece.  Às vezes,  temos medo ou receio de algumas coisas que, se pararmos para pensar, realmente são fáceis de serem superadas. Para isso, precisamos apenas ser um pouco mais racionais, enxergá-las de uma maneira mais prática e, assim, desmistificá-las.  Coloque em uma lista tudo aquilo que você tem dificuldade de encarar: desde falar em público a andar de avião, por exemplo.

Dessa lista, veja quantas vezes você precisou passar pelas situações que você citou e depois faça duas perguntas a si mesmo “Você não continua aí, bem, uma pessoa por inteira?”  “Já não passou por isso várias vezes e viu que depois ficou tudo tranquilo?”  – muitas vezes, nos apegamos no hábito de ficar sempre pensando “vou ficar com medo disso ou daquilo, não vou conseguir”, e de repente nos damos conta de que conseguimos, de que o que tinhamos medo, não era nenhum bicho de sete cabeças. Temos que mudar o nosso pensamento para  “se já fiz isso uma vez e fiquei bem, posso fazer de novo, pois vi que não é nada demais!”

Aproxime-se mais das pessoas boas e mantenha relacionamentos saudáveis

A troca de energia com seres humanos do bem é fundamental para termos ainda mais paz de espírito.  Receber e ouvir palavras positivas das pessoas que nos amam, que estão do nosso lado e que querem sempre o nosso melhor, ajuda-nos a reconhecer melhor as nossas qualidades, a nossa importância e o quanto somos especiais. Por isso, é sempre bom mantê-las por perto. Receber carinho, afeto e ter a certeza que ótimos amigos e familiares estarão sempre do nosso lado nos dá muito mais força para seguirmos em frente.

Faça um balanço de tudo de bom que você já fez na vida

Só você sabe quantas coisas boas você já fez em sua vida. Seja para você, para o próximo ou por que não, para o planeta? O fato é que a nossa jornada é sempre composta por coisas boas e ruins, isso faz parte da vida. E as coisas ruins, geralmente causam mais impacto em nosso coração e deixam marcas. Mas para reverter isso, é preciso valorizarmos ainda mais todos os momentos felizes que a vida nos proporcionou. Não podemos deixar que o brilho de todas nossas conquistas se apague,  que fique esquecido no passado.

Uma conquista, por menor que seja, é valiosa, e por isso é importante que permaneça em sua memória. É um mérito seu, uma vitória sua. Ao invés de pensar em tudo o que não deu certo, pense em tudo o que você surpreendeu, em tudo que você fez com maestria e em todas as satisfações que você já teve. Use essas experiências e sensações como um impulso, como uma segurança, e como uma confirmação de que há uma pessoa guerreira aí dentro que com certeza irá desfrutar de muitos momentos maravilhosos que a vida ainda irá proporcionar pela frente.

 

1 comentário


  1. Tudo de bom uma boa reflexão,um grande ensinamento.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *