Como ser feliz com a felicidade dos outros

Tempo de leitura: 2 minutos

Como ser feliz com a felicidade dos outrosA grama do vizinho sempre é mais verde do que a nossa? Quando levado muito a sério, em maior ou menor grau, esse ditado pode nos afastar de sentimentos bons, como a serenidade e a plenitude. Mas será que sentir sentimentos negativos em relação aos outros é culpa nossa? A resposta é: sim!

Mudando a forma de pensar

Vamos imaginar um exemplo bem comum de nosso dia a dia: você e um amigo estão desempregados há algum tempo, e procuram trabalho na mesma área. Eis que um dia seu amigo liga, muito feliz, contando que conseguiu uma vaga na área e diz que vai tentar indicar o seu currículo logo que tiver uma chance. Como você reagiria?

Muitos de nós, provavelmente, criaria em nossas mentes e corações aquele pensamento de “por que ele conseguiu e eu não?”, e remoeríamos isso, emanando energias negativas não só para a pessoa, mas também para nós mesmos.

Essa pode ser uma reação instintiva, que depende principalmente do modo como você tem encarado a vida e de como está por dentro, mas fique tranquilo: você não é uma pessoa “do mal” apenas por isso. Porém, para o seu bem e para fazer as coisas acontecerem, é necessário mudar a forma de pensar.

Na mesma situação, você poderia se alegrar pela conquista do seu amigo, por entender plenamente e mais que ninguém, o que ele provavelmente sentiu ao conseguir o emprego. E esta sua reação reafirmaria a sinceridade da amizade de vocês, fazendo com que ele se motivasse ainda mais a lhe ajudar a também encontrar um emprego, para que pudessem compartilhar esta felicidade juntos.

Cultivando a gratidão

Ficar sinceramente feliz por outros é algo libertador. Se as questões das outras pessoas estão dando certo, fique feliz por elas e seja grato pela oportunidade de mudança que a vida está te dando. Os problemas, por mais complexos que sejam, devem sempre ser vistos como uma oportunidade de transformação. Quem sabe aquela história que acabamos de usar como exemplo, do seu amigo ter conseguido um emprego e você não, seja o estopim para que você descubra novos caminhos e encontre a felicidade de uma outra forma?

Ser grato a todo momento e encarar os obstáculos de frente, acredite, torna a vida muito mais feliz. Quando você cultiva a gratidão e sente felicidade genuína pelas pessoas ao seu redor, o universo conspira a seu favor, e naturalmente você sentirá que terá cada vez mais força e foco para lutar pelos seus objetivos. Como diria o grande cantor Miltinho em uma de suas belas canções da Bossa Nova, “quem não tiver nada pra fazer faça como eu, deixe o que é dos outros, viva o que é seu”. Seja feliz apesar de qualquer adversidade, agradeça a oportunidade de estar vivo, e torça para a felicidade de todos que o cercam!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *