Há tempo para todas as coisas

Tempo de leitura: 2 minutos

Tempo para todas as coisasO ritmo frenético do dia-a-dia nos leva a crer que devemos fazer todas as coisas o tempo todo. Mas isso não passa de ilusão de uma mente desorganizada que não sabe segmentar em processos e prioridades as próprias atividades.

A essa confusão toda damos o nome de caos. E o caos pode sempre ser posto em ordem, apenas é necessário método, como fizeram todos os homens sábios e que obtiveram sucesso.

Faça coisas úteis

A maior parte do tempo é perdida com coisas inúteis, ou seja, é quase toda desperdiçada em distrações ou atividades sem objetivo. Os maiores focos de perda de tempo são a caixa de entrada e os telefonemas, juntamente com as conversas fora de hora.

Defina etapas

A Revolução Industrial provou que a divisão do trabalho em etapas fez crescer, miraculosamente, o desempenho profissional. Porque fazemos muito mais rápido aquilo que fazemos muito e repetidamente.

Por isso, reparta as suas tarefas em grupos de atividades semelhantes, desse modo o que antes parecia muitas se transformam em poucos grupos. Defina a ordem de prioridades entre o grupo de tarefas e siga essa ordem até o fim.

Faça cada um desses grupos de tarefas por sua vez, sem ficar pulando de uma atividade para a outra sem terminar a primeira antes. É lógico que pode aparecer uma emergência, mas a maioria das vezes o que ocorre é cair na tentação de não concluir uma tarefa difícil porque ela exige esforço e ficar fazendo tarefas “agradáveis”, mas que não são o que deve ser feito no momento.

Controle o que foi feito

Quando repartimos em etapas, pode ser comum que encontremos erros, até mesmo natural. Além disso, nada como o tempo para refletirmos.

Vale a pena fazer pelo menos uma ou duas revisões do seu trabalho. Faça cada grupo de atividades e após ter terminado todos eles revise e, se julgar produtivo, revise mais uma vez.

Sobrará tempo!

Seguindo essas dicas, você verá que sobrará muito mais tempo porque você está trabalhando de um modo produtivo e evitou distrações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *