Memorização por Associação: o que É e como Funciona.

Tempo de leitura: 3 minutos

Para informações desconexas entre si – a técnica recomendada é a memorização por associação.

Memorização por Associação

Para tornar a tarefa mais simples, costumamos estabelecer alguma forma de relação entre todos os elementos e guardá-los na memória a partir disso.

Letras de músicas, frases de efeito, números desconexos e imagens.

Tudo isso pode ser acionado por essa técnica, que é conhecida como memorização por associação.

Memorização por Associação

Uma das melhores maneiras de memorizar conteúdos extensos é criando uma forma eficiente de relacioná-los.

Se você precisa decorar números, vale a pena associar cada algarismo a uma letra e, para memorizar o conjunto, formar a palavra correspondente.

A palavra e o componente visual que ela aciona serão mais facilmente memorizados.

Se a sua dificuldade for a de justamente guardar palavras, recorra também à imagem.

Na hora de decorar o nome de uma rua ou de um bairro, tente imaginar algo associado ao nome.

Exemplos: ver a imagem de D. Pedro para uma rua com seu nome ou imaginar um buquê para uma “Rua das Flores”, por exemplo.

Associação Mnemônica

Mesmo que você nunca tenha ouvido falar em associação mnemônica, com certeza você já usou essa técnica em seu dia a dia.

Ela consiste em uma associação arbitrária ou exagerada entre dois elementos, feita com a intenção de guardar o nome.

Pode seguir qualquer associação que sua mente busque, desde que a imagem apareça facilmente e se mantenha atrelada ao que ela representa.

Para se lembrar do conceito de “cortina de ferro”, por exemplo, você pode imaginar uma cortina confeccionada em pregos, dividindo regiões.

Outra tática bastante recorrente é a de usar iniciais de uma frase grande para decorá-la.

Ou, ao contrário, criar uma frase simples para decorar uma sequência de palavras.

Para decorar os elementos químicos da tabela periódica, por exemplo, é possível usar uma frase que contenha o símbolo de cada um.

Por exemplo: Fui Ontem No Clube Briguei ‘i’ Sai Correndo Para (o) Hospício; eles correspondem, respectivamente, a Flúor, Oxigênio, Nitrogênio, Cloro, Bromo, Iodo, Enxofre, Carbono, Fósforo e Hidrogênio.

O mesmo vale para músicas que trazem informações de determinado conteúdo, como as que ensinam o alfabeto ou as cores para crianças.

O cotidiano dos profissionais tem muitas ocasiões em que se faz necessário memorizar senhas, nomes de pessoas, nomes de objetos e números desconexos.

Senhas

Que tal usar a memorização por associação em seu dia a dia e criar uma senha com base nela?

Pense no título ou no trecho de uma música ou filme e use suas iniciais para criar a senha.

Considerando o refrão da música “Águas de Março”, de Elis Regina e Tom Jobim, você tem: “São as águas de março fechando o verão”; sua senha pode ser “Saadmfov”.

Se você quiser uma senha ainda mais forte, vale a pena inserir números: a letra “a”, que aparece duas vezes, pode ser substituída por “a2”, resultando na senha “Sa2dmfov”.

Memorização por associação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *