Quais ensinamentos os grandes escritores podem dar?

Tempo de leitura: 2 minutos

Escritor

“Ser ou não ser, eis a questão”. Em algum ponto de nossas vidas, nos deparamos com frases e dizeres que os maiores escritores cravaram na literatura clássica e em nossa cultura. Afinal, quem nunca refletiu sobre o questionamento profundo proposto por Shakespeare, em meados de 1601, na tragédia Hamlet?

A literatura é – para sempre foi e para sempre será – o veículo que nos conduz a diferentes mundos, realidades e opiniões, sem que precisemos, de fato, vivenciar tudo isso. Por meio da leitura, conseguimos absorver tudo o que é diferente de nosso dia a dia, ou mesmo captar novas nuances das experiências que nos acompanham cotidianamente. Quanto mais se lê, mais informações e mais parâmetros estarão à nossa disposição para que possamos analisar, interpretar e refletir sobre qualquer assunto.

Por isso, grandes escritores, poetas e filósofos nos deixaram muitas mensagens e aprendizados preciosos que continuam sendo reproduzidos ao longo dos séculos. E toda essa sabedoria não envelhece.

O que aprendemos?

Horácio nos aconselhou que colhêssemos o melhor do presente quando escreveu a frase “Carpe diem”. Sócrates escreveu “Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância” e nos instiga a reconhecer nossas limitações, superando-as constantemente. Confúcio nos pediu para que “Até que o sol não brilhe, acendamos uma vela na escuridão”. Para Dalai Lama, “A arte de escutar é como uma luz que dissipa a escuridão da ignorância”, e assim ele nos inspira a praticar a compreensão e a tolerância diante das opiniões alheias.

Há uma vastidão de conselhos e reflexões acerca dos dilemas que a humanidade enfrenta desde sua formação. E esses dilemas e dúvidas ainda estão tão presentes na natureza humana que, mesmo os pensamentos de escritores tão antigos, quando lidos neste exato momento, continuam extremamente atuais.

Ninguém é capaz de deter todo o conhecimento do mundo e ser dono de uma verdade absoluta. Contudo, a leitura é a ferramenta mais eficiente para que possamos expandir nossa visão sobre a realidade e compreender melhor a complexidade do mundo em que vivemos. Ler é a prática mais importante para uma boa reflexão e construção de uma opinião, além de enriquecer as bases culturais e intelectuais de todos os indivíduos.

Aprimore seu ritmo com um curso de leitura dinâmica e aproveite seu tempo livre para ler um bom livro, até mesmo em seu aparelho celular ou tablet. Visite bibliotecas públicas. Vá até as bancas de jornal. Leia um bom blog. Tudo o que lemos e aprendemos se torna parte integral do nosso conhecimento, e o conhecimento nunca envelhece ou se desfaz. Afinal, como disse Platão: “A coisa mais indispensável a um homem é reconhecer o uso que deve fazer do seu próprio conhecimento”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *