Veja o quanto já evoluímos

Tempo de leitura: 3 minutos

Veja o quanto evoluímosNesse ano de 2012, já passamos por diversos assuntos aqui no Blog da Methodus, porém mantivemos sempre o foco no aprimoramento de nossos talentos. Isso porque acreditamos que você que acompanha os nossos posts possui esse desejo de se destacar, de fazer sempre o seu melhor, ou como diz o nosso Diretor Executivo, o professor Alcides Schotten, de “ousar mudar”.

Sem nenhuma dúvida, somos capazes de fazer coisas magníficas com força de vontade e dedicação. E para conseguirmos nos manter sempre motivados, é necessário que nos conheçamos bem e que confiemos em nós mesmos.

Vamos relembrar alguns temas e perceber o quanto evoluímos até aqui.

Saindo da caverna e quebrando paradigmas

Quando analisamos o Mito da Caverna de Platão e o trouxemos para os dias de hoje, pudemos notar como muitas vezes a nossa visão pode ser limitada, e que isso pode causar problemas. Quando estamos vivendo uma situação difícil, como um problema no trabalho ou na família, é preciso enxergar a dificuldade a partir de fora dela mesma. Isto é, o desafio está em tentar não se envolver com um problema emocionalmente para resolvê-lo de maneira mais objetiva.

Isso está relacionado com a questão do autocontrole, que é a nossa capacidade de parar e refletir sobre os nossos atos antes mesmo de agir. Quando nos controlamos, nos tornamos donos de nós mesmos, enxergamos a verdade por trás das opiniões de senso comum e acabamos tendo mais consciência na hora de tomarmos decisões importantes.

Esse autocontrole é inclusive essencial para que possamos ser nós mesmos e quebrar paradigmas que nos impeçam de nos desenvolver, pois é preciso coragem e pensamento estratégico para conseguirmos nos superar no dia a dia e agirmos por conta própria ao invés de agirmos por impulso.

Identificando oportunidades e aprendendo a arriscar

Aprendemos também ao longo desse tempo que as oportunidades estão sempre ao nosso redor, e cabe a nós identificamo-las e decidir se vale a pena ou não correr o risco de nos expormos. A nossa própria experiência em si já nos dá uma grande base do que costumamos fazer que dá certo e o que não dá, mas cabe a cada um procurar aprender também com os próprios erros e se reinventar.

Se as suas apresentações que já arrancaram aplausos de platéias não estão sendo mais efetivas, é hora de aprimorá-las e criar algo novo. Mesmo as coisas mais bem feitas e bem pensadas tem que evoluir para serem cada vez melhores. E não podemos temer a mudança, temos que ser habilidosos para identificarmos tendências e já trabalharmos nos pontos que precisamos melhorar em nós mesmos.

Estamos no caminho certo

O que queríamos realmente dizer é que estamos muito orgulhosos de nossos leitores, e esperamos que essa crescente interação que estamos tendo nesse ano seja um reflexo da aprimoramento pessoal e da melhora na vida de cada um. Estamos caminhando sempre focados na formação de grandes líderes, que sejam capacitados, articulados e organizados para realizarem grandes feitos, e acreditamos estar no caminho certo.

Continuemos a nossa jornada! Em breve voltamos com um novo post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *