Liderança situacional: saiba o que é e quais habilidades ter

Tempo de leitura: 6 minutos

Liderança situacional

Você já ouviu falar em liderança situacional? Ela pode ajudar a melhorar a sua carreira, além de auxiliar a aprimorar a sua postura como líder dentro do seu setor ou em projetos específicos, o que ajudará no ganho de confiança com os seus superiores. Ela é diferente do tipo de orientação que estamos acostumados a ver, porém conta com mais benefícios.

Neste texto, explicaremos o que é a liderança situacional, como ela funciona, quais as vantagens de investir nesse tipo de orientação e quais são os tipos existentes. Dessa maneira, você conseguirá se tornar um profissional mais competente e ajudar a sua equipe a atingir os objetivos pretendidos. Boa leitura!

O que é liderança situacional?

A liderança situacional é um tipo de liderança em que o profissional consegue adequar o seu papel de liderança de acordo com o momento, conseguindo, assim, conduzir de forma efetiva toda a equipe, melhorando o desempenho do time e tendo uma melhor produtividade de todos os envolvidos no processo.

Essa é uma teoria desenvolvida por Paul Hersey e Kenneth Blanchard, estudiosos que entenderam que um líder eficiente consegue se adaptar ao tipo de projeto e momento em que ele e sua equipe estão inseridos, conseguindo adquirir o melhor de todos os profissionais e, consequentemente, melhorar o rendimento de todos.

Como funciona a liderança situacional?

A liderança situacional acontece com 4 tipos de liderança, cabendo ao líder escolher qual melhor se adapta ao momento e necessidades pretendidas por aquele projeto ou a que melhor lidará com a sua equipe, com as qualidades e habilidades presentes nela. Cada equipe se difere entre si, por isso, utilizar um mesmo tipo de orientação em todos os casos surtirá efeitos distintos.

Para entender qual é o contexto dos demais funcionários, é importante analisar o comportamento da equipe, principalmente com relação à competência e compromisso com o projeto ou serviço que está sendo proposto. Caso o seu nível de competência seja alto, por exemplo, não será necessário ter uma alta orientação técnica.

Quais são as vantagens da liderança situacional?

Agora que você entendeu o que é a liderança situacional e como ela funciona, está na hora de conferir alguns benefícios desse tipo de estratégia e, assim, ver o que a sua equipe, bem como a empresa de maneira geral, tem a ganhar com esse tipo de abordagem com os demais funcionários.

1. Motivação dos colaboradores

O primeiro benefício que é possível adquirir com a liderança situacional é o aumento da motivação dos colaboradores. Um líder que tem características de pessoas bem resolvidas e aborda essa estratégia não precisará ser arrogante com o restante da equipe, sendo mais flexível e compreensível. Dessa maneira, os demais funcionários se sentirão mais focados e com mais vontade de entregar resultados.

Quando se tem um líder que apenas dá ordens, cobra prazos, tem uma linguagem corporal fechada e não investe em ensinar e ajudar os seus colegas, isso faz com que o ambiente de trabalho se torne hostil e, consequentemente, a equipe perde a vontade de trabalhar ou entregar um bom resultado, limitando-se apenas a fazer o mínimo esperado.

2. Visão estratégica

Um líder situacional conseguirá ter uma melhor visão estratégica, além de colocar esse conhecimento em prática. Dessa maneira, o profissional entenderá o que realmente a sua equipe precisa e, assim, poderá orientá-la da melhor maneira para que consiga entregar os melhores resultados.

O líder conseguirá ter uma visão ampla do projeto e até mesmo da empresa, conseguindo propor melhores soluções e projetos para os colaboradores e até mesmo permitindo que eles deem suas opiniões e dicas, de acordo com a expertise de cada um. Todos saem ganhando com uma liderança situacional.

3. Metas atingidas com mais facilidade

Todos os fatores anteriores, bem como outros benefícios da liderança situacional, fazem com que a equipe consiga atingir suas metas com mais facilidade. Dessa maneira, todos os colaboradores se tornam mais produtivos e engajados com o projeto no qual estão inseridos, além de conseguirem trabalhar melhor em equipe.

Isso oferece grandes benefícios para a empresa, já que o sucesso de um setor reflete positivamente em toda a instituição. Ao mesmo tempo, o líder será visto com bons olhos pela gerência, conseguindo até mesmo uma promoção ou outros bônus que auxiliem a sua carreira a chegar em outro patamar.

Quais são os estilos de liderança situacional?

Agora que você entendeu um pouco mais sobre liderança situacional, bem como os benefícios que essa técnica pode oferecer para a sua orientação e para toda a equipe, está na hora de ver quais são os tipos de liderança e quando utilizar cada uma delas, para que você consiga aproveitar o máximo dessa forma de liderar.

1. Direção

Esse tipo de liderança ocorre quando a equipe não está habituada com aquele tipo de situação ou projeto, ou ainda não conta com os conhecimentos necessários para entregar um bom trabalho. Nesse caso, o líder precisa estar bem presente e direcionar bastante a equipe sobre o que deve ser feito.

2. Orientação

Aqui, o líder deve orientar e observar a equipe com certa frequência, não necessariamente fazendo ativamente as tarefas que deveriam ser feitas pelos colaboradores. É comum que as pessoas que optam por esse tipo de liderança façam relatórios constantemente, mas é importante estar à frente do projeto e se manter sempre presente.

3. Apoio

Para esse tipo de liderança, é importante que o profissional incentive e facilite a vida dos seus colaboradores. Aqui, toda a comunicação se torna mais próxima, em que a equipe consegue conversar entre si e analisar as perspectivas do negócio ou do projeto que deve ser feito. Os funcionários contam com mais liberdade para realizar suas atividades.

4. Autonomia

Os líderes que optam pela liderança de autonomia atuam de maneira mais afastada, deixando que a equipe seja a verdadeira protagonista do projeto. Dessa forma, os colaboradores acabam tomando a maior parte das decisões e, em compensação, também precisam se responsabilizar pelos resultados.

Portanto, busque escolher com sabedoria qual é o melhor tipo de liderança situacional para a sua equipe para que, juntos, vocês consigam adquirir os melhores resultados e fazer com que a experiência seja benéfica, além das expertises e conhecimentos de cada um serem valorizados e utilizados.

Gostou do texto? Então nos siga no Facebook e Instagram para conferir os conteúdos exclusivos que postamos por lá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *