Confira 5 técnicas de oratória para uma boa apresentação

Tempo de leitura: 6 minutos

Para que se tenha uma boa apresentação pessoal e, principalmente, profissional, é preciso aplicar na prática algumas técnicas de oratória. Com isso, pode-se alcançar um cargo de liderança no trabalho com mais facilidade, realizar uma reunião que solucione os problemas da empresa com mais eficiência, estabelecer uma imagem de autoridade na sua área de atuação, entre outros muitos benefícios.

Além disso, com uma boa apresentação é possível conseguir o emprego tão esperado em uma entrevista e até mesmo construir uma reputação de muita competência diante dos colegas de trabalho. Portanto, saber se comunicar apropriadamente de acordo com o seu público-alvo é uma habilidade que pode ser adquirida por meio de treinos e que é fundamental para a carreira de qualquer profissional.

Para saber mais sobre algumas técnicas infalíveis de oratória, acompanhe a leitura e veja algumas dicas que preparamos especialmente para você!

1. Domine o assunto a ser tratado

É fundamental ter total domínio sobre o assunto que será tratado no discurso oral, tendo em vista que, com isso, você se sentirá mais seguro para explicar o tema e apto para, posteriormente, responder eventuais dúvidas de seus ouvintes. Com isso em mente, estude bastante o tópico que será discutido e crie um roteiro a ser seguido durante a apresentação.

Desse modo, fica mais fácil conter o nervosismo no momento da apresentação, uma vez que você estará totalmente preparado intelectualmente. Consequentemente, você terá mais controle emocional, já que treinou muito o discurso e corrigiu erros de postura, repetições, gaguejos etc.

Ou seja, você se sentirá mais confiante e pronto para realizar um ótimo trabalho. Vale ressaltar que para que nada saia do que foi programado e ensaiado, é importante seguir o roteiro direitinho.

Porém, é preciso ter jogo de cintura para lidar com improvisos durante a fala e imprevistos que possam ocorrer durante a apresentação, como:

  • projetor multimídia com defeito;
  • computador sem acesso à internet para baixar arquivos para demonstração;
  • número de cópias de material (para acompanhar a apresentação) inferior ao número de pessoas presentes no local;
  • apresentação em uma sala grande e ampla sem microfone;
  • entre outros.

2. Estabeleça contato visual

Ao discursar, é essencial que você acredite no que está falando para passar credibilidade ao telespectador. Para isso, uma ótima estratégia é não evitar o contato visual, pelo contrário, faça-o de forma segura e confiante, sem medo de olhar para o rosto das pessoas presentes.

Porém, não encare e deixe ninguém desconfortável, esse não é o objetivo. O ideal é fazer contato visual com todos, não ficando mais do que 10 segundos em uma mesma pessoa. Já quando for responder à pergunta de alguém, dedique mais tempo de sua atenção para esse indivíduo.

3. Evite os vícios de linguagem

Os vícios de linguagem tornam a apresentação repetitiva e enfadonha. Além disso, eles deixam a fala informal, o que pode tirar a credibilidade de seu discurso. Com isso em mente, evite expressões como “né”, “tipo isso”, “aí”, entre outras.

O ideal é utilizar um vocabulário adequado de acordo com o seu público-alvo. Em seguida, pratique a fala diante do espelho e observe o que pode ser melhorado, principalmente no que diz respeito à substituição de algumas palavras por sinônimos, para evitar a repetição.

Como resultado, o seu discurso terá mais valor, autoridade, e não será chato e desinteressante. Afinal, é fundamental cativar a atenção do ouvinte de forma a criar um ambiente de aprendizado eficiente e produtivo para todos. 

4. Tenha cuidado com os gestos

Além da fala, também é preciso ter cuidado com os gestos corporais, uma vez que o corpo também transmite uma mensagem de segurança e autoconfiança. Portanto, observe o seu corpo ao praticar diante do espelho. É ainda uma ideia interessante se filmar discursando para entender o que pode ser melhorado, como você pode movimentar os braços e gesticular as mãos durante a fala.

O corpo parado durante a apresentação pode passar uma sensação de insegurança e de falta de entrosamento. Já um corpo que se movimenta além do esperado pode roubar a cena do que realmente importa na apresentação, que é o conteúdo que está sendo tratado. Logo, é necessário criar um equilíbrio para que se tenha gestos na medida certa.

Uma dica para quem costuma ficar muito nervoso durante a apresentação é não segurar na mão uma caneta ou um papel, por exemplo, pois ficará mais nítido visualmente caso a sua mão trema. Assim, mais uma vez, vale ressaltar o quanto é essencial o treino para evitar a falta de controle emocional e corporal em uma situação como essa.

5. Observe a sua postura e o seu tom de voz

A postura é outro fator que deve ser observado para passar uma imagem profissional confiante e segura. Para isso, treine uma postura tesa com os ombros baixos e firmes, cotovelos relaxados e pescoço reto. Evite posições informais, como mão na cintura, pescoço inclinado para um lado, ombros largados etc.

O tom de voz também precisa ser treinado para que não seja nem muito baixo, nem muito alto, para que não se gagueje durante a formação das frases, para que a voz saia firme e grave. Uma dica nesse caso é fazer exercícios de dicção para melhorar a posição do diafragma, da língua e da abertura da boca no momento em que o som é produzido.

Durante o discurso, procure ser o mais claro e objetivo possível em todas as informações transmitidas. Assim, fica mais fácil evitar a repetição na fala e perder a atenção dos ouvintes.

Viu como é possível aplicar essas dicas com o intuito de construir uma melhor imagem profissional e de realizar ótimos discursos no trabalho? Se você ficou interessado, veja alguns cursos de oratória que são oferecidos pela Methodus. Com certeza, será uma grande solução para o desenvolvimento de seu discurso oral, que proporcionará grandes resultados tanto no âmbito profissional quanto pessoal.

Agora que você já conhece algumas técnicas de oratória, que tal fazer um curso específico nessa área para vencer o medo de falar em público? Confira e faça a sua inscrição o quanto antes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *