Conheça os 3 tipos de timidez e saiba como vencer esse problema

Tempo de leitura: 6 minutos

Tipos de timidez

Você já se observou para saber se é uma pessoa tímida? Sabia que existem vários tipos de timidez? Vamos entender o que é esse mal que incomoda tantas pessoas.

A palavra timidez vem do latim “timidus”, que significa “aquele que tem medo”. A timidez é uma inibição que gera desconforto em situações de socialização ou em práticas de interpessoalidade com medo de ser julgado ou rejeitado. Ela causa o impedimento de se expressar ou agir em momentos necessários, como no trabalho, nos estudos, na vida pessoal e outros.

Quer conhecer mais sobre esse assunto que impede muitas pessoas de tomar iniciativas em sua vida e aprender algumas dicas de como combatê-la? Confira!

Entenda os tipos de timidez

Os diversos tipos de timidez podem ser solucionados. Por isso, é interessante fazer uma avaliação minuciosa das atitudes da pessoa para detectar a intensidade desse transtorno.

1.    Crônica

A timidez crônica é mais abrangente. A inibição (vergonha) se expande por todas as formas de convivência social. Esse nível de timidez impede de construir novas amizades, falar com pessoas que não conhecem, sente-se insegura diante de autoridades, não consegue falar em público, dificuldades em se relacionar com o sexo oposto e mais.

A pessoa que tem timidez crônica, normalmente, apresenta esses sintomas:

  • fala em baixo tom;
  • não olha para quem está falando;
  • apresenta gagueira ou rubor;
  • não apresenta expressão corporal;
  • fica paralisado diante de algumas situações.

2.    Proposital

O grau dessa timidez chega a ser transformado em “sociopatismo erustido”. É uma timidez ao extremo. A pessoa que tem essa condição complexa tem vergonha da sua própria pessoa. Ela é considerada um misantropo, são pessoas que tem aversão à humanidade, preferem viver no isolamento pleno, são antissociais e introvertidas. Vivem no seu “mundinho” com as suas próprias coisas. Normalmente, elas têm forte tendência à ansiedade.

3.    Situacional

Esse tipo de timidez ocorre apenas em situações que requerem da pessoa uma segurança maior, acontece pontualmente. Entenda melhor: nesse caso, a pessoa consegue interagir com os amigos e familiares, mostrar seu ponto de vista, questionar, perguntar, porém, não consegue falar diante de um público.

Veja como vencer/lidar com a timidez no dia a dia

Os tipos de timidez têm uma variedade de caso a caso. Por esse motivo, é fundamental que a pessoa conheça, antes de tudo, qual o tipo que ela apresenta.

Exercite o autoconhecimento

Voltar a atenção para dentro de si e se descobrir não é uma missão das mais fáceis, mas também não é impossível. Comece por fazer uma autoavaliação e observar as suas qualidades, sua personalidade, suas características mais relevantes, os seus dons e tantos outros pontos positivos que você nem imaginava ter por não ter se dado a oportunidade de voltar a atenção para dentro de si.

Essas inúmeras descobertas vão elevar a sua autoestima e tudo vai se desenvolvendo para uma vida mais leve e feliz. A autoestima vai abrir os seus olhos para novas perspectivas e a pensar e agir de maneira mais dinâmica.

Coloque em prática a técnica FORD

Iniciemos considerando que as pessoas tímidas quase não costumam falar ou não encontram assunto para conversar, e é muito desagradável ficar falando assuntos desinteressantes entre você e seus amigos, não é? Pois é ai que entra a técnica FORD. É um método quase infalível. Cada inicial refere-se a um assunto a ser dialogado. Você verá que, com essas dicas, o diálogo vai parecer não ter fim. Conheça!

F (família)

Ao encontrar uma pessoa conhecida, seja amigo ou familiar, o assunto família está sempre em evidência, pois todos têm uma vida rotineira repleta de acontecimentos e novidades. Pergunte como estão, fale do tempo que não os vê, pergunte sobre saúde, estudo etc. Mas fale também de você.

O (ocupação)

Fale sobre o que você anda fazendo na vida, se está trabalhando ou procurando um emprego, se está estudando ou fazendo cursos, ensino superior, e ouça o que o a pessoa tem a contar, faça perguntas sobre a vida profissional, tem tantos assuntos voltados para esse tema.

R (recreação)

Talvez você possa falar um pouquinho sobre o passado, caso seja um amigo de infância ou colega de classe, relembrar os bons momentos de escola. O assunto também pode ser os momentos de lazer e onde costuma frequentar, viagens, projetos de viagens. Podem conversar, também, sobre os esportes atuais que vocês assistem na televisão. Viu como o diálogo pode ser prolongado?

D (desejos)

Todas as pessoas sempre têm inúmeros desejos, portanto, é interessante compartilhá-los com o seu amigo. Alguns têm o desejo de aprender a tocar violão, por exemplo, outros têm o desejo de morar em outra cidade e mudar o estilo de vida, fazer uma especialização e tantos inúmeros desejos podem fazer parte do diálogo.

Exponha aos poucos

Sabemos que, algumas atitudes, para quem é tímido, chegam a ser desafiadoras, porém, não são impossíveis. A princípio, é bom você trabalhar os seus relacionamentos com as pessoas que mais você se identifica na escola, local de trabalho e outros locais. Faça o esforço de rir mais das situações, falar algumas vezes, fazer perguntas e, aos poucos, aumentar o seu ciclo de amizades, mesmo que seja por esforço.

Vencer a timidez depende de saber como lidar com ela e fazer inúmeros treinamentos. É um passo a passo que não pode parar. A cada dia você deve fazer um esforço maior de suas atitudes e reações, assim você vai perceber que, no decorrer do tempo, você vai se sentindo mais à vontade.

Evite comparações com outras pessoas

É importante você compreender que, apesar de ter algumas dificuldades por consequência da timidez, você é uma pessoa única e que tem os seus potenciais e diferenciais em relação às outras pessoas.

Você é uma pessoa única que tem suas qualidades, projetos de vida e sua maneira de buscar e realizar esses sonhos da sua maneira. Procure não se comparar aos outros, não se sinta menor nem inferior a ninguém, foque em mudança de hábitos e atitudes, novidades podem fazer muito bem. É importante descobrir a força que existe em você.

Como observamos no decorrer do artigo, a timidez é um obstáculo que leva a pessoa a diversos impedimentos. Por isso, é relevante que se conheça quais os tipos de timidez, para saber como lidar da melhor forma com esse problema e, caso seja necessário, buscar um profissional habilitado para cuidar desse incômodo da maneira mais conveniente.

Aprofundar os seus conhecimentos sobre a timidez ajudou você de alguma forma? Para ampliá-lo, conheça também sobre como desenvolver a autoconfiança. Boa leitura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *