3 técnicas de aprendizado que você precisa conhecer

Tempo de leitura: 6 minutos

Ao implementar algumas técnicas de aprendizagem no seu dia a dia, é possível observar uma grande melhoria na sua capacidade de retenção de informações variadas, e em muito menos tempo. Esse treinamento técnico capacita a alcançar os objetivos e sonhos profissionais.

Independentemente do tipo de concurso ao qual esteja se dedicando, ao adotar algumas técnicas como a leitura dinâmica, você poderá aumentar a sua produtividade — acelerar seus estudos sem que haja a perda na qualidade do aprendizado e conquistar um durável armazenamento na memória.

Ficou interessado e quer saber mais sobre as principais técnicas de aprendizagem? Então, acompanhe a leitura desse texto e tire as suas dúvidas agora mesmo!

1. Teste prático

Para reter as informações e entender como anda o seu aprendizado, não basta apenas passar horas lendo uma apostila ou assistindo uma videoaula, não é mesmo? É fundamental colocar o que você absorveu das informações em prática. Assim, os testes práticos são essenciais para um aprendizado completo porque permitem que você mensure seus acertos e seus erros.

Vale ressaltar que os erros são importantes também. Logo, não fique frustrado com eles. Use-os para otimizar ainda mais o seu estudo, e não para desmotivá-lo em relação a sua dedicação. Observe qual são os erros mais cometidos e reforce os estudos nessas matérias. Em seguida, faça mais exercícios sobre esse tema. 

Se o seu objetivo é passar em um concurso público ou no exame da OAB, por exemplo, faça provas antigas, elaboradas por banca responsável pelas questões da prova. Essa etapa é muito importante para o aprendizado. Além disso, é necessário simular as condições da prova, ou seja, respeite o tempo estabelecido para a feitura do exame oficial e siga-o.

Com isso, você poderá analisar o tempo médio que você gasta para solucionar cada questão; se você está terminando antes ou depois do tempo estabelecido. O ideal é que você sempre consiga terminar antes para ter tempo de passar as marcações para o cartão de reposta e que ainda possa revisar as questões no dia da prova, caso seja necessário.

2. Prática distribuída

Essa técnica é bastante utilizada para quem busca um aprendizado rico e eficiente. Nela, é importante aplicar o estudo intercalado, em que estabelece um cronograma de estudo inserindo matérias diferentes em um mesmo dia.

É ainda recomendado estudar, alternando um conteúdo que você tenha mais facilidade com outro em que você apresenta mais dificuldade em absorver. Por exemplo, se você gosta de estudar história, mas tem dificuldade em entender os conceitos de química, planeje um dia para estudar durante 2h a disciplina de história e 2h e meia alguns capítulos de química.

Durante esse tempo estipulado de estudo, é interessante implementar diferentes formas de aprendizado. Uma ideia, por exemplo, é ler um capítulo da apostila durante 30 minutos, criar um resumo sobre o que foi lido levando cerca de 20 minutos, assistir uma videoaula por 40 minutos e utilizar o restante do tempo estabelecido para fazer exercícios, corrigi-los e anotar as dúvidas para saná-las posteriormente.

Essa técnica com várias formas de estímulos cognitivos incentiva o aprendizado duradouro e facilita a compreensão da sua situação em cada matéria. Funciona como um autogerenciamento capaz de deixar claro quais as matérias que você assimila melhor e as que você precisa dedicar mais tempo de estudo. Com isso, será possível otimizar a forma como você está estudando.

Vale ressaltar que é preciso acrescentar alguns minutos de intervalos para descansar entre o um horário e outro de estudo. Quando se fala em descanso, significa praticar alguma atividade que lhe proporcione relaxamento e tranquilidade mental, assim, use esse tempo com sabedoria para se distrair. Algumas dicas são:

  • praticar alguma atividade física que você goste;
  • levar o cachorro para passear na rua;
  • escutar música;
  • arrumar o quarto;
  • tocar algum instrumento;
  • cozinhar.

3. Leitura dinâmica

A leitura dinâmica é uma excelente técnica de aprendizagem para quem precisa ler uma elevada quantidade de diferentes conteúdos — necessário caso você tenha como objetivo passar em um exame importante, como um concurso público ou uma prova de vestibular.

Afinal, em situações como essas você precisará ter um alto desempenho em muitos conhecimentos diferentes para que se destaque em relação aos outros candidatos, conquistando uma ótima colocação na classificação dos resultados.

O intuito da leitura dinâmica é proporcionar rapidez ao processo de estudo. Com a finalidade de estimular essa habilidade, você deverá treinar todos os dias, lendo variados estilos de linguagem. O ideal é começar com textos mais simples e menores, como revistas sobre entretenimento e, com o tempo, passar para materiais mais longos e complexos, como livros e apostilas didáticas.

Para que essa estratégia de leitura tenha êxito, é preciso perder alguns vícios de leitura que diminuem o ritmo e promovem releituras: ler palavra por palavra em cada parágrafo do texto e sonorizar a leitura na mente — isso distrai e atrapalha a qualidade da retenção de informação.

Um dos métodos eficazes aplicado na leitura dinâmica se chama skimming, que estipula que a leitura deve ser feita em blocos, buscando as palavras-chaves. Com elas, será possível entender o contexto da mensagem do texto.

Há ainda o meta guiding, por exemplo, em que você pode utilizar um objeto ou o próprio dedo para guiar os olhos em busca das palavras-chave, o que possibilita uma leitura mais objetiva e rápida, e que reduz as distrações.

Há ainda outras estratégias que podem ser aprendidas em cursos, com professores qualificados e especializados no assunto, que o ajudarão a aplicá-las corretamente, acompanhando seus estudos no dia a dia.

Gostou de saber mais sobre as técnicas de aprendizagem? Então, implemente-as o quanto antes em sua rotina. Vale destacar que é importante praticar diariamente para que possa usufruir dos benefícios com mais praticidade e facilidade. O resultado será um aprendizado mais orgânico e fluido, com melhor fixação na memória do conteúdo estudado.

Agora que você já sabe mais sobre as melhores técnicas de aprendizagem, que tal assinar a nossa newsletter? Não fique de fora dessa! Assim, você poderá ficar por dentro de todas as nossas novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *