Descubra agora como ser um bom líder para engajar e motivar o time

Tempo de leitura: 7 minutos

O papel de liderança em empresas é fundamental para a construção de uma equipe motivada, engajada e satisfeita com suas atividades. Afinal, é esse profissional que orienta o trabalho dos colaboradores e cria uma atmosfera colaborativa e saudável para todos. Então, como é possível ser um bom líder?

Uma boa liderança vai muito além de ter o poder de decisão e influenciar outras pessoas. Ser um bom líder diz respeito a implementar condutas e modos de agir que contribuem para o desenvolvimento dos times, para o alcance da alta performance e para o crescimento individual de cada profissional.

Pensando em fortalecer ainda mais sua figura de liderança, preparamos este conteúdo com as melhores dicas para você exercitar o seu papel de líder e motivar sua equipe. Acompanhe!

Demonstre segurança para sua equipe

A segurança é um dos pilares para o desenvolvimento de qualquer colaborador, e não seria diferente para o seu fortalecimento enquanto líder. Cada vez mais as empresas buscam profissionais que criam um ambiente de trabalho saudável para suas equipes, permitindo o crescimento de cada participante.

Isso envolve a criação de vínculos entre todos os colaboradores e a construção de um local de trabalho amigável, ético e respeitoso, em que cada um pode crescer dentro das suas habilidades e limitações. Portanto, existem diversas formas de demonstrar e oferecer segurança para sua equipe, como:

  • construir coletivamente os limites de trabalho, deixando claro até onde os profissionais podem ir e quais são as limitações de cada um dentro do projeto;
  • trabalhar junto com a equipe e estar aberto para tirar dúvidas e auxiliar sempre que necessário;
  • exercitar uma comunicação não-violenta, trabalhando com feedbacks positivos e construtivos;
  • incentivar o trabalho em equipe e deixar claro que todos os profissionais do time podem se ajudar;
  • desenvolver um quadro coletivo com as tarefas que cada um está realizando, para que todos conheçam o trabalho feito por cada colaborador, a fim de fortalecer seus vínculos.

Lembre-se que a segurança não precisa ser unilateral, combinado? Quando você fortalece os vínculos entre todos os participantes do time, é criada uma atmosfera colaborativa, empática e comunicativa, que oferece resultados incríveis para a empresa, além de fortalecer sua figura de liderança.

Dê o exemplo

Você já ouviu falar que as pessoas aprendem por meio dos exemplos? Essa máxima é muito comum para explicar o processo de aprendizagem de crianças, mas é facilmente aplicada no mundo adulto. Afinal, estamos sempre buscando referências para construir nossa personalidade e refinar nossas competências.

Então, por que um líder não pode ser essa figura de referência para sua equipe? Na verdade, esse é o grande dever de um líder de sucesso. Dar o exemplo de um bom trabalho faz com que sua equipe queira realizar suas atividades da mesma maneira, buscando sempre o melhor resultado.

É por isso que se você deseja ter um time motivado, comprometido e produtivo, você precisa apresentar essas características para seus colaboradores a fim de que eles vejam que elas trazem resultados e permitem não só a criação de um bom trabalho, mas, principalmente, de crescimento na carreira.

Incentive a empatia

A empatia é uma das competências socioemocionais mais comentadas atualmente. Ela se tornou uma habilidade muito requisitada no contexto organizacional, pois ajuda líderes, colaboradores e gestores na criação de um trabalho saudável, ou seja, que traga lucro para a empresa, mas também gere satisfação e felicidade para os times.

 Um dos exemplos mais clássicos para compreender a empatia nas organizações é o erro. Não existe uma pessoa que não erre no mundo, afinal, errar é humano. O processo de humanizar os líderes e os próprios colaboradores é uma ação de empatia e humildade para criar um ambiente de trabalho mais saudável e proativo.

Quando alguém do time erra, alguns profissionais têm a tendência de apontar seus erros como forma de se sentirem melhor, enquanto outros preferem não comentar e deixá-lo passar batido. Ambas as ações são prejudiciais para a sua figura de liderança e geram impactos negativos na organização.

Ao exercer a empatia, você consegue dar feedbacks para sua equipe, exaltando todos os pontos positivos que eles realizaram, assim como indicando quais são os aspectos que poderiam ser diferentes. Assim, o líder reconhece o esforço e o trabalho de todos os seus colaboradores, e aproveita os erros como oportunidade de crescimento para que eles continuem desenvolvendo suas carreiras.

Trabalhe sua oratória e comunicação

Não há como negar: não tem como ser um bom líder sem exercitar sua comunicação. A boa liderança vem muito da forma como você se relaciona com sua equipe, já que é ela que orientará a formação de vínculos entre os colaboradores e a proatividade que cada um consegue atingir.

Nesse sentido, trabalhar sua oratória e exercitar a comunicação não-violenta são os primeiros passos para garantir que você conquiste uma boa liderança e seja um exemplo de profissional dentro da empresa. Para isso, você pode:

  • estar aberto para ouvir sugestões do time, implementando-as caso sejam coerentes e, caso não possam ser usadas, explicar o motivo;
  • manejar conflitos e tensões entre os profissionais;
  • ser objetivo e claro na forma como você delega as atividades, utilizando a tecnologia em seu favor;
  • identificar os momentos de dificuldade da equipe e abrir espaços para que eles conversem sobre.

Aprenda a delegar atividades

O grande segredo da delegação de tarefas é entender que ela não representa somente a distribuição de atividades de forma igual nas equipes, mas que essa distribuição deve ocorrer de forma inteligente para potencializar o trabalho de cada colaborador. Em outras palavras, você deve delegar aquilo que é coerente com as habilidades dos profissionais.

Por exemplo, digamos que você tem um projeto que precisa ser elaborado em uma semana para ser apresentado para o CEO sobre a otimização dos recursos da organização. Com certeza é um trabalho que envolve o empenho de uma equipe qualificada para ser elaborado corretamente, certo?

Então, para construir sua equipe você precisa identificar quais são as habilidades necessárias para a construção do seu projeto, como organização, autogestão, controle temporal e comunicação. Em seguida, é fundamental analisar quais são os colaboradores que têm as competências necessárias para o desenvolvimento do projeto.

Assim, é possível analisar quais são as características de cada um para a criação da apresentação e para delegar as atividades a partir dessas habilidades. Isso não só otimiza o seu tempo de trabalho, como fortalece sua imagem de liderança, aproxima sua figura profissional dos colaboradores e permite a criação de um projeto coerente com a realidade da empresa.

Ao longo do conteúdo, você pode conhecer as melhores dicas para ser um bom líder e conseguir engajar e motivar a sua equipe. Lembre-se de colocar todas em ação para garantir melhores resultados para a empresa e, é claro, um ambiente de trabalho saudável, colaborativo e com espaço de crescimento para todos.

E então, preparado para praticar todas as nossas dicas? Aproveite para ler sobre como se tornar um líder de sucesso e desenvolver ainda mais a sua carreira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *